MESMO COM A ALTA DO DÓLAR, AINDA VALE A PENA INVESTIR NOS EUA?

VEJA COM SEUS PRÓPRIOS OLHOS …

Eu sei, com a disparada do dólar investir no exterior pode até parecer um mau negócio. Mas, não tire conclusões apressadas … dependendo do ativo, quando você faz as contas … não é! Devido a atual crise política e econômica no Brasil, ter um ativo em dólar na carteira é bastante recomendado, pois representa um hedge natural (uma proteção) contra a depreciação do Real. Existe um ditado no mercado que diz que “o caro de hoje pode ser o barato de amanhã”. O que isso quer dizer? Que nos próximos dias, o dólar pode subir ainda mais. E se isso acontecer você não vai perder dinheiro. Mas, o que torna esse investimento ainda mais atraente – especialmente para os que estão buscando renda passiva – é que o rendimento com aluguel no Brasil está por volta de 0,5% ao mês (bruto), enquanto que nos EUA, está em torno de 1,5% a 2% ao mês (bruto). Ou seja, ainda que o dólar esteja “caro” essa diferença é compensada logo nas primeiras parcelas do aluguel, que vão te gerar um fluxo de caixa em dólar e quase 3 vezes acima do retorno no Brasil.

Baixe GRATUITAMENTE o ebook COMO BLINDAR O SEU PATRIMÔNIO DA CRISE NO BRASIL deixando seu e-mail abaixo:

mockup_cladia_augelli_01a



Howard Marks, depois de trilhar uma carreira de sucesso no mercado financeiro fundou a gestora de fundos Oaktree Capital Management, foi rankeado como o 273° homem mais rico dos Estados Unidos pela Forbes, em 2011 – com um patrimônio estimado de 1,5 bilhão de dólares, costuma dizer que o “sucesso em investimentos não depende do que você compra, depende do preço que você paga” e eu concordo totalmente com ele!

RAIO-X-BRASIL-vs-EUA

Então, que tal fazermos uma comparação de PREÇOS de imóveis no Brasil x EUA. Acompanhe abaixo os imóveis no BRASIL:

 

Data da pesquisa: 23.06.2015

 

 

Este apartamento de 1 quarto (49m²) – sem garagem – num prédio construído em 1960, está a venda pela “bagatela” de R$ 1.270.000,00 (!?) e pela foto dá para perceber que necessita de uma boa reforma! Mas, como diz o anúncio, a localização é EXCELENTE, Ipanema – RJ, baby!!!

 

 

Que tal esse aqui de 28m² por R$ 450.000,00? A localização? Privilegiadíssima: Leblon – RJ!

 

 

Já pensou em morar num Flat? Esse aqui tem 28m², fica no Tatuapé – SP (ZL) e custa R$ 320.000,00. Repare no valor do condomínio (R$ 1.388,00), negócio da China não é mesmo?!

 

 

Já esse apartamento de 1 quarto (57 m²) em Campinas – SP, está saindo por R$ 625.000,00. Veja que interessante, o anúncio indica o valor de aluguel que seria de R$ 2.800,00, ou seja, 0,45% de retorno ao mês (bruto).

 

 

Você pode comprar este imóvel de 1 quarto (51 m²) em Belo Horizonte – MG, por R$ 611.276,00.

 

POR-QUE-INVESTIR-EM-IMÓVEIS-NOS-EUA-ny

 

Agora veja alguns imóveis nos Estados Unidos:

 

 

Que tal essa casa em Orlando – FL, situada a 10 minutos dos parques e atrações da Disney (a 3 minutos da Highway I-4)? Preço? US$ 179.000,00 (ou R$ 554.900,00). Aproximadamente 170m² de construção + espaço na garagem e varanda (ano 2004) – 3 quartos (1 suíte) / 2 banheiros + 1 banheiro social / garagem para 2 carros. Condomínio com aprovação para aluguel de temporada (vale lembrar que muitos condomínios não autorizam).

 

 

Ok, como todos sabem Nova York tem um precinho mais salgado. Dá uma olhada nesse estúdio (35 m²) 400 Central Park West, uma das áreas mais nobres do mundo com vista para o Central Park. Ainda assim, estão pedindo US$ 489.000,00 (ou R$ 1.515.900,00).

 

img_08_p_w

 

Se você estiver passando nas redondezas, vai ficar hipnotizado pelo design desse prédio. O estúdio (100 m² – ano de construção: 2013) sai por US$ 177,000 (ou R$ 548.700,00). Fica em Miami, Flórida, e tem vista para a cidade e a baía de Miami. Aceita animais de estimação. São 28 andares, 192 apartamentos.

 

 

1916 Ludlow Lane #2603, Orlando, Flórida 32839. #Barganha: Casa (143,07 m²) de 3 dormitórios, 2 banheiros e 1 lavabo. Preço? US$ 54.000,00 (ou R$ 167.400,00).

 

 

#Barganha: Condo de 1 quarto e 1 banheiro em Miami, Flórida (74,7 m² – construção de 1999). Preço: US$ 100.000,00 (ou R$ 310.000,00) 15077 SW 103 TE # 8110 Miami, FL 33196

 

 

16266 SW 100 TE # . Miami, FL 33196. #Barganha: Casa de 119 m² com 3 dormitórios, 2 banheiros por US$209,700 (ou R$ 650.070,00) com vista para o canal.

 

 

6020 Dusty Rd, Watauga, TX 76148. Casa (114,36m² – construção 1983) com 3 quartos, 2 banheiros, lareira, cozinha completa, toda reformada, à venda por US$ 110.000,00 (ou R$ 341.000,00).

 

#Dica: O Texas é atualmente um dos estados mais interessantes para investimentos imobiliários!

Todos esses imóveis americanos estão “listados”. Existem os chamados imóveis off-market (vendidos abaixo do valor de mercado, ou seja, ainda mais baratos que esses).

Além de ser mais barato e ter maior custo x benefício (é padrão o imóvel ser vendido ou alugado com cozinha e banheiro totalmente equipados com geladeira, fogão, máquina de lavar, secar, cafeteiras, armários, etc.).

 

O retorno de um imóvel nos EUA é bem maior do que no Brasil.

 

Pense comigo, qual é o investimento de maior risco? Um ativo que está exposto ao risco Brasil ou um ativo que está exposto ao risco da maior potência econômica do mundo? Se você respondeu Brasil, acertou! Sendo assim, o investidor que optasse por investir em terras tupiniquins, deveria ser recompensado pelo risco e ter um maior retorno. No entanto, ao fazermos uma análise de risco x retorno, podemos perceber que o retorno no Brasil é menor. Conclusão: investindo em imóveis nos EUA você corre menos risco e consegue um retorno maior. Sem contar as taxas de financiamento que são bem mais baixas e a taxa de vacância que em média é bem menor. No exemplo, temos uma diferença anual de R$ 37.200,00 – desconsiderando a variação cambial. Em 10 anos representaria uma considerável diferença de R$ 372.000,00. Achou pouco? Então, imagine se essa entrada mensal fosse reinvestida acruando juros compostos… Ou melhor ainda, imagine que você utilizasse o poder da ALAVANCAGEM a seu favor e que ao invés de comprar 1 imóvel, comprasse 3 imóveis (com os mesmos R$ 310.000,00) pagando apenas os 30% de entrada e financiando o restante. Esse financiamento pode ser pago com o aluguel e no final do período você terá os 3 imóveis quitados. Essa é uma estratégia mais avançada, que oferece alguns riscos – como o de vacância, por exemplo – e portanto, exige uma análise mais criteriosa. Também é preciso encontrar o imóvel ideal, que tenha o perfil para esse tipo de investimento.

Um fato bem interessante é que existe cada vez mais inquilinos e menos donos de imóveis nos Estados Unidos. Para muitos, o crescimento lento da renda e a falta de poupança são as principais razões para recorrer ao aluguel ao invés de comprar um imóvel, mesmo com as taxas de hipoteca em níveis historicamente baixos. Como o número de inquilinos vêm crescendo, se a oferta de imóveis para locação não crescer na mesma proporção, as taxas de vacância vão cair e os preços dos aluguéis vão subir, o que é excelente para o investidor proprietário de imóveis. (Em Miami, por exemplo, 65% da população paga aluguel, em New York, 64%).

 

Se você gostou dessa ideia, recomendo fortemente que baixe o EBOOK gratuito COMO BLINDAR O SEU PATRIMÔNIO DA CRISE NO BRASIL deixando seu e-mail abaixo:

 

mockup_cladia_augelli_01a



*Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. O resultado do investimento pode variar de pessoa para pessoa. Investir no mercado imobiliário apresenta risco de vacância e desvalorização do preço do imóvel.

» Articulista da EXAME – principal revista / website de negócios do Brasil (Blog: Mundo do Dinheiro).» Sócio Fundadora do site Eugênio Invest, voltado para educação financeira e pioneiro em treinamentos on-line no Brasil.» Mais de 18 anos de experiência atuando no mercado financeiro, nos bancos Credit Commercial de France (CCF), Banque Nationale de Paris (New York), Banco Garantia, Credit Suisse First Boston, Bear Stearns (Londres) e Banco Fator; nas áreas de Tesouraria, Administração de Recursos, Research e Sales / Sales Trading. Também ocupou a posição de Gerente Financeiro na Parmalat Participações. » MBA em Marketing Estratégico pela USP. » MBA em Finanças pela FIA. » Especialização em Criatividade – Stanford. » Especialização em Finanças – Yale School of Management. » Especialização em Corporate Finance – New York University. » Mestrando em Administração – USP. » Graduada com honras em Administração de empresas. » Professora de Finanças e Gestão de Custos no Grupo Ibmec Educacional, MBA da FIA e APIMEC. » Articulista da revista ADVFN (mais de 500.000 assinantes). » Chairman do “The Brazil Summit” – Fund Forum Latin America. » Palestrante convidada em eventos como ExpoMoney. » Consultora independente. Atendeu clientes como Citibank e Citi Corretora, tendo treinado toda a base de gerentes Gold (Brasil) e os clientes da Corretora.
– Publicado em Junho de 2015 –